Comparativo entre o SoundCloud e Mixcloud para DJ Sets
Leonel Fraga de Oliveira 28/10/2013 23:10

Quem segue carreira no ramo da música, seja como cantor, compositor, produtor ou até mesmo DJ hoje em dia possui uma plataforma para divulgar seu som.

Normalmente são utilizados os sites de compartilhamento genérico de arquivos, como o 4Shared, ZippyShare ou até mesmo serviços como o Dropbox. Eu há até pouco tempo utilizava o 4Shared, mas o problema com os sites de compartilhamento genéricos é que que são muito “visados” por gravadoras, até mesmo “trolls” que denunciam os seus arquivos e eles são retirados. Tanto é que tomei uma decisão deveras radical: apaguei TODOS os meus arquivos MP3 com DJ Sets do 4Shared. Isso mesmo, se você entrar lá no NeoMatrix Light, procurar por um podcast e der de cara com um link quebrado, o motivo foi o que eu expliquei há pouco.

Já há algum tempo procurava outras formas de compartilhar meus sets, e eis que descobri os sites SoundCloud e Mixcloud, e estou usando o segundo. Os Leo’s Sessions serão sempre disponibilizados no Mixcloud.

Para auxiliá-lo a tomar a decisão de onde compartilhar seu som, mais especificamente DJ Sets, farei um breve comparativo entre os dois sites. Vamos lá:

1. SoundCloud:

Este com certeza é o site mais conhecido entre quem trabalha com música e é muito utilizado por DJs e produtores. Lá o usuário faz o upload do seu som e o site disponibiliza player que pode ser incorporado em outros sites, estatísticas, ferramentas de compartilhamento e uma rede social própria, entre outras ferramentas.

SoundCloud

Seu maior uso é por produtores musicais, que disponibilizam teasers de suas faixas de trabalho ou até mesmo faixas completas para download ou apenas streaming. Grandes nomes da música estão por lá, e você pode acompanhar o trabalho deles.

Para fazer o cadastro tem-se a opção de cadastro “normal” ou utilizar uma rede social (tipo Facebook) para se conectar.

Há três planos de assinatura:

- Grátis: permite upload de até duas horas de som (total entre tudo o que você fizer upload) e estatísticas básicas.

- Pro: Permite upload de até quatro horas de áudio e estatísticas um pouco mais avançadas que o plano grátis, e ferramentas de destaque de trabalhos e ferramentas de gerenciamento avançadas, ao custo de 3 euros por mês ou 29 euros por ano.

- Pro Unlimited: Permite upload ilimitado de áudio (as regras são: 2 gigabytes por arquivo e 30 horas de som por semana) mais o conteúdo do pacote Pro, ao custo de 9 euros por mês ou 99 euros por ano.

Os DJs Sets que normalmente eu faço possuem entre 40 e 60 minutos, logo um plano grátis ou até mesmo o Pro não me valeriam a pena, sendo um Pro Unlimited mais vantajoso pelo custo x benefício. Como eu gosto de deixar os sets disponibilizados e é um set por mês (as vezes eu furo esta estatística, confesso) um plano com limites estouraria facilmente.

Como eu disse acima, o SoundCloud é mais utilizado para a disponibilização de faixas individuais. Claro que o site possui mecanismos de verificação de direitos autorais, e portanto, nada de disponibilizar faixas de outros artistas como normalmente é feito nos sites de compartilhamento genéricos (até a RIAA encher o saco). E como ficam os DJs sets? Pois é, isto é um problema. O Help diz que para cada faixa devemos ter uma autorização para incluí-las no set. Bem, isso depende da legislação de cada país, para dizer a verdade. Alguns amigos meus publicam sets no SoundCloud sem problemas.

E finalizando, o SoundCloud disponibiliza aplicativos móveis para as plataformas iOS (iPhone e iPad, universal) e Android.

Site: www.soundcloud.com

2. Mixcloud:

O Mixcloud é um site específico para a disponibilização de podcasts e/ou DJ Sets. À maneira do SoundCloud, o site disponibiliza uma rede social interna, onde você pode acompanhar outros Cloudcasters (o nome que o Mixcloud dá a um podcast/dj set é Cloudcast), navegação por categorias, player para incorporar em outros sites e ferramentas de compartilhamento.

Mixcloud

Muitos nomes da música eletrônica estão no Mixcloud: Carl Cox, Ban Schiavon (ele sempre disponibiliza os sets gravados no Clubtronic, da Energia 97 e também os sets do Ban High School), Above & Beyond, entre outros.

Para cadastrar-se no Mixcloud, você pode fazer o cadastro “normal” ou utilizar o login de uma rede social para se associar.

Para upload de arquivos, o Mixcloud é grátis. O arquivo deve ser do tipo MP3 e a duração é ilimitada. Mas para DJ Sets tem uma regra: deve ter pelo menos oito músicas, e você deve indicar a playlist entre outros atributos do podcast enquanto faz o upload. Uma ferramenta interessante é a importação de uma playlist pré-definida: você escreve cada linha no formato “Nº - Artista – Faixa” em um arquivo, cola no campo específico, clica em um botão e ele separa automaticamente, além de importar playlists do Traktor e Serato. Para podcasts, você deve dividí-lo em capítulos. Após o upload, o site oferece uma ferramenta de “timestamp” para você indicar em que marca de tempo está cada música. Ele faz isso automaticamente, e um ajuste fino pode ser feito depois.

O pulo do gato está na forma como o Mixcloud trabalha: para promover seu set, você tem uma opção de comprar um “spot patrocinado”, em que o site lança tweets, entre outras formas de promoção por 10 libras / 1000 pessoas (estimativa). Lembrando que isto NÃO é obrigatório, você pode compartilhar o link nas suas redes sociais, incorporar o player em seu site, ou outros meios.

E a questão dos direitos autorais, como fica? Nisso o Mixcloud é esperto: De acordo com o FAQ, ele pede a playlist completa justamente para pagar os royalties para os artistas envolvidos (o site, não o uploader). O site também NÃO permite o upload de faixas individuais (que por sinal é o foco do SoundCloud), pois como o mesmo diz é uma forma de “reinventar o rádio”. Em algumas faixas, ele sugere os links de onde a mesma pode ser comprada (em lojas como Beatport, iTunes, Juno, Amazon, etc.).

Por causa da forma com que o Mixcloud licencia o conteúdo que é colocado no site, não é possível o download dos arquivos. De acordo com o FAQ, a licença permite apenas o streaming dos arquivos.

Para dispositivos móveis, são disponibilizados aplicativos para as plataformas iOS e Android.

Site: www.mixcloud.com

Meu veredicto:

Ponderando todos os prós e contras, fico com o Mixcloud para disponibilizar meus sets. O único “inconveniente” dele, no meu caso, é a não disponibilização do arquivo para download (para isso eu dei outro jeito, conforme a necessidade). Porém, acho justo a falta deste recurso justamente porque ele, complementando a forma com que o site licencia o conteúdo que é colocado por DJs e outros, torna-o mais seguro para a disponibilização de DJs sets. Para faixas individuais, indiscutivelmente o SoundCloud é melhor, mas como o foco aqui são DJ Sets…

Um abraço!

Leonel Fraga de Oliveira Leonel Fraga de Oliveira é formado em Processamento de Dados na Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC-SP - 2002) e anteriormente em Técnico em Eletrônica, pela ETE Professor Aprígio Gonzaga (lá em 1999).
Atualmente trabalha como Analista de Sistemas na Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul - SP
Tem como hobbies DJing (também trabalha como DJ freelancer) e ciclismo, além da manutenção dos sites NeoMatrix Light e NeoMatrix Tech.
Gosta de música eletrônica, tecnologia, cinema (super fã de Jornada nas Estrelas), gastronomia e outras coisas mais.


Compartilhe nas redes sociais

   

Deixe seu comentário

comments powered by Disqus