Há algum tempo atrás, presenteei minha mãe (na verdade, serve para a família toda) com um aparelho de videokê, da RAF Electronics, modelo VMP 300D.

Ao invés de comprar um aparelho simples de DVD com função de karaokê, preferi este aparelho, cujo fabricante já tem boa reputação no ramo, ou seja, um “videokê de verdade”.

Vamos a algumas fotos e as minhas impressões, após o break:

1. Embalagem

Tanto a caixa quanto as embalagens internas, que protegem o conteúdo são bem feitos, bem apresentáveis e cumprem bem a sua função.

2. Painel Frontal

Apresenta os comandos básicos para a operação do aparelho: botões para controle de reprodução de DVD/CD/MIDI-DVD (o formato de videokê), entre outros, além de controles para a programação de músicas e controle do microfone.

O display apresenta as informações básicas, tais como número da música em execução, capítulo e tempo do DVD, e entre outras informações.

Os controles do microfone são básicos: Controle de eco (para os dois microfones) e controle individual de volume. O som dos microfones são mixados com a saída de áudio do aparelho, independente da função sendo executada.

2. Conexões

Possui saída de áudio 5.1 analógicas, além de saídas digitais SPDIF coaxial e óptica, que poderão ser conectadas a um home theater. Isso além do áudio estéreo (2 canais).

Na parte de vídeo, possui saídas de vídeo composto, S-Video e Video-Componente, com a resolução de 480p (480 linhas em varredura progressiva).

Também possui entradas para integrar o aparelho a outros dispositivos, tais como suporte a amplificadores específicos para karaokê: o microfone é conectado a este amplificador, e este ao videokê que transmite algumas informações para a função de pontuação funcionar, por exemplo.

3. Controle Remoto

Nos aparelhos de hoje é praticamente impossível se virar sem o controle remoto, e no VMP 300D não é diferente. As funções mais avançadas, como setup, pesquisa de músicas através da tela, mudança de tonalidade, velocidade da música, entre outros controles são acessados via controle remoto.

4. Mídias suportadas

O formato nativo é o MIDI-Karaokê, que consiste em diversas músicas armazenadas em formato MIDI e compactadas em um único arquivo.

Veja a estrutura de diretórios do DVD:

As pastas AUDIO_TS e VIDEO_TS são as padrões do DVD: Enquanto o aparelho está carregado com um disco e tocando as músicas do videokê, o vídeo na pasta VIDEO_TS é reproduzido enquanto a música é tocada.

Na pasta hk2 há as fontes de tela, aquelas que passam de acordo com a melodia da música.

E na pasta midi0, neste DVD que adquiri contém um único arquivo de 76 MiB, que contém as músicas do videokê.

Uma curiosidade minha é saber como este DVD é autorado. Quais os programas que são utilizados para fazer a autoração compatível com o formato do aparelho.

Sabe quanto custa um DVD desses? O pacote mais completo, com 5526 músicas, custa a “irrisória” quantia de R$ 4126,00 (fonte: Mariokê). Isso mesmo, você não leu errado: mais de QUATRO MIL lulinhas em UM DVD. Quase 1/4 do valor de muitos carros por aí. Enquanto o aparelho em si, me saiu em torno de R$ 650,00.

No pacote básico, o que vem com o aparelho, vem um DVD de 600 músicas nacionais. O disco que veio com o meu me custou em torno de R$ 900,00, com 1500 músicas nacionais.

Além de seu formato nativo, ele também reproduz músicas de karaokê no formato CD+G, além dos DVD’s de karaokê que normalmente são vendidos nas lojas (tipo o Multiokê).

Fora da parte de karaokê, ele reproduz DVD-Video, VCD, CD-Audio, MP3 e JPEG (armazenados tanto em CD – R/RW quanto em DVD).

Ficou faltando ler DivX… tenho um outro aparelho de DVD da Gradiente que suporta DivX/XviD, e cumpre muito bem esta função.

5. Microfone

A qualidade do microfone que acompanha o VMP 300D é muito boa, e ele contém um dispositivo supressor de microfonia: quando aproximei ele das caixas de som, não emitiu NENHUM barulho referente a microfonia.

6. Interface na Tela

Na tela inicial, quando um disco de karaokê está carregado, mostra um “prompt” para selecionarmos a música desejada, via controle remoto.

Caso não tenha a mão uma lista impressa (que poderá ser baixada do site www.videoke.com.br), é possível pesquisar na tela pela música desejada, com filtros por idioma, cantor, título e ordenação por título ou cantor.

Mesmo assim, eu acho a lista impressa mais rápida para consultar :-)

Tela de setup (configurações) do VMP 300D, onde é configurado algumas opções do karaokê.

E a já conhecida tela de execução da música, com o controle de tom ativado.

 

E para encerrar, a tela inicial sem disco carregado.

Enfim, eu gostei muito do aparelho, pois é simples de operar e cumpre muito bem a sua função de videokê, além de ter suporte a outros formatos. A única coisa que não gostei é do preço dos discos.

Existe um outro modelo, mais avançado, o DVD-8380s, que possui uma entrada para pendrive e grava as músicas sendo cantadas, que inclusive já vi em casas de karaokê.

As especificações técnicas do bicho poderão ser obtidas clicando-se aqui.

Um abraço!