Reflection na Prática: Uso na Classe de Conexão
Leonel Fraga de Oliveira 02/05/2009 00:00

Na série de artigos sobre a nova Classe de Conexão, mencionei que estou usando exaustivamente o Reflection em alguns de seus métodos, de forma que algumas operações mais “chatas” como atribuições para as variáveis privadas, para componentes da interface de usuário entre outros ficaram meio que transparentes.

O conceito de Reflection é mais utilizado no sentido de saber sobre os metadados de uma classe, uma biblioteca, um tipo de dado.

Com isso, podemos criar objetos e novos tipos em tempo de execução para executar várias tarefas.

Uma das classes principais do Reflection na plataforma .NET é a System.Type. Ela provê métodos e propriedades para sabermos tudo sobre uma classe.

Ao invés de ficar explicando o conceito teórico aqui, vou colocar o que utilizo na prática na classe de Conexão. Para saber um pouco mais de conceitos teóricos, dê uma lida neste artigo no Linha de Código.

Nas próximas três postagens, vamos abordar:

- Atribuição de valores do banco de dados nas propriedades de um objeto
- Atribuição das propriedades de um objeto nos componentes da interface de usuário
- Criação dinâmica de List<>

Os três itens acima são os que fazem o uso extensivo do Reflection na Classe Conexão.

Boa aula! :-)

Leonel Fraga de Oliveira Leonel Fraga de Oliveira é formado em Processamento de Dados na Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC-SP - 2002) e anteriormente em Técnico em Eletrônica, pela ETE Professor Aprígio Gonzaga (lá em 1999).
Atualmente trabalha como Analista de Sistemas na Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul - SP
Tem como hobbies DJing (também trabalha como DJ freelancer) e ciclismo, além da manutenção dos sites NeoMatrix Light e NeoMatrix Tech.
Gosta de música eletrônica, tecnologia, cinema (super fã de Jornada nas Estrelas), gastronomia e outras coisas mais.


Compartilhe nas redes sociais

   

Deixe seu comentário

comments powered by Disqus