Fátima Bernardes e Willian Bonner. Foram 26 anos de casados.

Ontem foi dado mais um passo para o processo de impeachment da Presidente Dilma Rousseff, com a sua defesa no senado (em letras minúsculas mesmo) e a sabatina.

Cinquenta e quatro milhões de votos sendo jogados fora por um GOLPE midiático-jurídico-parlamentar, onde seu nascimento se deu desde o momento em que Aécio Neves, o CANDIDATO DERROTADO não aceitou a derrota e se acabou de tanto cheirar pó começou a questionar a segurança das urnas eletrônicas, e a incitar os que votaram nele a protestarem.

Também temos que lembrar que esse processo de impeachment também foi provocado pela ira de Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos DePUTAdos cujo processo de cassação anda a passos de tartaruga. Ele queria barganhar com o PT votos a favor dele no comitê de ética, e como o PT votou contra.

O vice presidente Michel Temer assumiu interinamente a presidência da república de bananas e está prestes a ser efetivado presidente. Dilma está se defendendo no senado, porém este já é um jogo de cartas marcadas. E pensar que serão mais 2 anos até as próximas eleições presidenciais, hein!

Temer já está implantando o programa de governo da plutocracia, derrotado nas urnas na figura de Aécio Neves. Um programa de governo onde a parcela mais pobre da população irá sofrer com perda de direitos e fim de programas sociais.

Dilma perdeu a mão no início do segundo mandato? Sim, perdeu. O governo não estava bom, mas não era justificativa para tirar a presidente do cargo.

O PT é um partido mergulhado na corrupção? Sim, é. Porém devemos lembrar que os outros partidos, como PMDB e PSDB também são mergulhados em corrupção, com a diferença de que são protegidos pela mídia plutocrática. E também devemos lembrar que os podres do PT começaram a ser investigados quando quem comandava o governo era justamente o PT! Quando era o PSDB que governava os escândalos eram engavetados. Quem aí lembrou do "Engavetador Geral da República"? Escândalos em governos estaduais comandados pelo PSDB são abafados, vide "Trensalão" e "Merendão" paulista. Não vi notícias dizendo que Dilma Rousseff recebeu dinheiro de propina ou tem contas secretas em paraísos fiscais, ao contrário de Aécio Neves, Aloysio Nunes, José Serra, Eduardo Cunha, Michel Temer.

Que os corruptos do PT sejam presos (até o Lula se for um), assim como devem ser os do PSDB, do PMDB, do DEM, do PSOL. Não idolatro político nenhum, não tenho rabo preso com ninguém, e graças à Deus nunca dependi de favor de político.

Pedaladas fiscais? Faça-me o favor. Vários governadores também pedalam e não acontece nada com eles!

E o senado? Não tem moral para julgar Dilma. O que vocês acham da capivara desses 39 senadores, só para começar? Até gente metida com drogas - não falo de usuários, conheço uns 3 (A. Neves, F. Collor, L. Farias) - temos no senado, né Zezé Perrella? (lembrando: dono de fazenda onde foram apreendidos 450 kg de pasta base de cocaína, no helicóptero do filho - e a coca de quem é, do Espírito Santo?). E escravocrata, né seu Ronaldo Caiado?

O mote de tudo isso é o seguinte: a plutocracia não consegue ganhar no voto e articulou todo esse processo para voltar ao poder.

Já disse aqui algumas vezes que embora o segundo governo de Dilma estivesse ruim, sou contra o processo de impeachment, chamo ele de golpe sim, e votei nela porque Aécio Neves representava um governo para os interesses da plutocracia (além de ser um corrupto de marca maior), contrário aos meus ideais, por menos diferenças sociais. Justamente pelo motivo de nossos deputados e senadores não terem moral para julgar alguém por suposta corrupção.

E a hipocrisia do lado coxinha? Grupelhos fascistas como MBL, Vem Pra Rua e Retardados Online não estão a fim de acabar com a corrupção, eles até são ligados financeiramente com partidos como PMDB e PSDB, oras.

Quando eles dizem "mas quem votou em Dilma também levou o Temer", penso o seguinte: Alguns que votaram em Dilma votaram ou por ideologia, por acreditar em um programa de governo, por acreditar que o programa adversário não era bom para o país (meu caso), e outros motivos, sim, sabemos que levamos o Temer por tabela. Mas também quem imaginaria que ele faria de trairagem, se aliando a corruptos como Cunha e Aécio para implantar justamente o programa derrotado nas urnas? Temer foi eleito para ser VICE presidente, só assumir caso Dilma estivesse em viagem, de resto, ser apenas "decorativo".

Invocando a mitologia cristã, Temer foi um Judas. Traiu Dilma e os eleitores para se aliar com o que há de mais nefasto.

O que esperar quando o processo de impeachment for concluído? Vários protestos por parte de grupos pró-Dilma (que inclusive aconteceram ontem, dia 29/08) podendo ecolodir em uma guerra civil? Pois quem sair derrotado não aceitará a derrota e os ânimos estão deveras exaltados. Acho que uma paz estará um pouco longe de acontecer, nem imagino o que vai acontecer em 2018, onde o governo plutocrático de Temer fará 2 anos e se o povo irá validá-lo ou voltar para um governo que preze pelo social.

Se um governo plutocrático ganhasse no voto, eu não iria torcer para dar ruim assim como fizeram os coxinhas com o governo Dilma. Ganhou no voto, tem que saber perder. Quem sabe daqui a 4 anos um governo com os ideais que acredito vença? E se de repente o governo plutocrático me surpreende e até faz algumas coisas pelo social? É dar uma chance, sabe? Assim foi na Argentina, onde Maurício Macri ganhou no voto e os adversários souberam perder e não fizeram esse fuzuê todo que está acontecendo no Brasil.

E só para não perder a piada do título, também foi anunciado ontem o divórcio da apresentadora Fátima Bernardes (da Rede Esgoto Globo), que depois de 26 anos de casados separa-se de Willian Bonner. Isso rendeu vários memes, a internet não perdoou, foi um assunto bastante comentado. Até casais icônicos do PiG estão em crise, e essa provavelmente não é culpa do PT hehe.