O que Justin Bieber, Milley Cyrus e Sandy tem em comum?
Leonel Fraga de Oliveira 11/11/2013 23:30

Tirando o fato de que os três são artistas da música, claro.

Um dos assuntos que está bombando nesse mês de Novembro/2013 é a passagem do cantor Justin Biba Bieber no Brasil, nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Passagem essa cheio de, digamos, rebeldia do cantor canadense, vejamos:

- Abandonou o show em São Paulo ao ser acertado com uma garrafa d’água.
- As fãs que pagaram quase R$ 3000 (isso mesmo, quase três MIL reais) para um tal de “Meet & Greet” (sei lá como se chama o encontro do biba com as teentardadas fãs) não chegaram a ficar 1 minuto ao lado de Justin, sendo rapidamente expulsas pelos seguranças.
- No RJ, exagerou nas festinhas: saiu do puteiro das termas com garotas de programa, tentou entrar no hotel e não conseguiu, alugou uma casa às pressas, fez o que tinha que fazer e no final uma proficional du séquissu teve seus 15 minutos de fama gravando um vídeo de Justin dormindo.
- E para fechar com chave de ouro, pixa (ou grafita) em um muro particular, sem autorização e com anuência da Polícia Militar do RJ.

É mole ou quer mais?

Até a Xuxa está dando seus pitacos em sua página do Facebook e travou uma guerra com as chamadas beliebers (e tem homem(?) também).

Eu sei que esse assunto já está mais do que saturado, então vamos ao ponto onde eu quero chegar.

Quando o Justin Bieber apareceu na mídia, como ele se apresentava perante o seu público? Com certeza não foi desta maneira, digamos assim, rebelde sem causa.

A primeira imagem de Justin, aquele garoto novo e “meigo” ficou consolidada perante ao público, e agora que o menino cresceu ele quer que vejamos justamente isso: ele está crescido, não quer mais aquela primeira impressão, e a forma que ele achou para que enxerguemos essa nova faceta é a rebeldia.

O mesmo podemos dizer da cantora Milley Cyrus. Para quem acompanhou a carreira dela desde o começo, ela sempre será a Hannah Montana, do seriado infantil de mesmo nome da Disney.

Para distanciar do personagem que fez a carreira dela, o que Milley está fazendo? Explorando ao maximo a sensualidade, fazendo clipes ousados e as atitudes, como acender um cigarro “suspeito” (é, um baseado) em uma premiação. Também está meio “rebelde”, mas não faz “tanta” besteira quanto o Justin Bieber, pelo menos o que eu saiba.

E se você pensa que é só la fora que acontece isso, aqui no Brasil também temos um caso bem conhecido de uma artista que quer se afastar da imagem que marcou sua carreira: a Sandy.

Só que a Sandy não partiu para o lado da rebeldia como Justin Bieber e Milley Cyrus. Ela sempre foi uma moça reservada no que diz aos seus relacionamentos (hoje é casada e o relacionamento dura anos), nunca fez uma besteira tão grande, sempre uma moça de família. Mas isso não impediu dela explorar um pouco o lado do sexo, fazendo um comercial da cerveja Devassa e com declarações como “é possível ter prazer anal”. Quem que escutava Maria Chiquinha iria imaginar a Sandy falando de sexo?

Pois é, para que as pessoas percebessem que os artistas infanto-juvenis cresceram, os mesmos tiveram que tomar atitudes deveras radicais, tanto pelo lado da rebeldia quanto pela sexualidade. Estes casos mostram como estes artistas estão fazendo esse caminho.

Pelo menos nesse caso a brasileira Sandy tá dando exemplo, continuando a ser uma moça educada, enquanto que o Justin Biba e a Milley Cyrus…

Leonel Fraga de Oliveira Leonel Fraga de Oliveira é formado em Processamento de Dados na Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC-SP - 2002) e anteriormente em Técnico em Eletrônica, pela ETE Professor Aprígio Gonzaga (lá em 1999).
Atualmente trabalha como Analista de Sistemas na Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul - SP
Tem como hobbies DJing (também trabalha como DJ freelancer) e ciclismo, além da manutenção dos sites NeoMatrix Light e NeoMatrix Tech.
Gosta de música eletrônica, tecnologia, cinema (super fã de Jornada nas Estrelas), gastronomia e outras coisas mais.


Compartilhe nas redes sociais

   

Deixe seu comentário

comments powered by Disqus

Arquivo de Postagens