Afinal, por que falamos que os DJs assumem as carrapetas?
Leonel Fraga de Oliveira 27/06/2013 22:40

Quando me interessei pelo mundo DJ, lá pelos idos de 2010, sempre via na mídia não-especializada a seguinte chamada, geralmente quando uma [pseudo/sub]celebridade figurava no line-up de uma festa:

“fulano de tal assume as carrapetas do Club…”

Sempre tive tal dúvida: por que chamam os toca-discos (ou CDJs) de carrapetas? Sempre ouvia “pickup” (ou até mesmo o termo aportuguesado “picape”) quando queria se referir a toca-discos. E pesquisando descobri que que o termo “pick up” se trata de uma metonímia: na verdade, pick up é a cápsula que converte as vibrações captadas pela agulha em eletricidade. Chama-se o todo (toca-discos) por uma parte (a cápsula fonocaptora). Os CDJs também herdaram esse termo, embora o método de gravação do áudio seja totalmente diferente. E o termo até é usado para se referir aos fonocaptores de violões e outros instrumentos de corda.

Quem me acompanha pelas redes sociais sabe que esse termo é bastante utilizado por mim. Sempre quando vou às baladas falo que “o DJ tal assume as carrapetas”, mas SEMPRE queria saber a origem desse termo para designar setup DJ.

Uma DJ de verdade assumindo os decks. DJ escolhida de forma aleatória pela Net.

Claro, ÓBVIO que pesquisei isso na net, e vi que carrapeta pode ser um gênero botânico, um tipo de balão, um tipo de pião, ou aquela peça que serve para vedar a água quando fechamos a torneira. Isso mesmo, aquela pecinha circular que devemos trocar quando a torneira vaza (spoiler: guardem esse último significado).

Eis que na quarta-feira (26/06/2012) vi um post no Facebook com um comentário mencionando esse termo:

O melhor comentário do dia! No instagram do Anderson Noise:

djmarkym Desde quando Toca Discos é carrapeta? Carrapeta é balão!

E comentei nele exatamente que sempre tinha dúvida o pq chamam toca-discos e CDJs de carrapetas.

E teve uma resposta que faz sentido:

Eu acho que tem a ver com as mesas de som das rádios (AM) das antigas, que eram usadas pelos disc jockeys - daí veio o nome DJ (dos caras que tocavam músicas "ao vivo") - nas rádios de então. Uns botões enormes (carrapetas).

E até tem uma ilustração:

Console Mesa De Som Scala Para Radio

Fazendo uma analogia: Carrapeta é aquela pecinha redonda da torneira que veda a água, enquanto o botão redondo da mesa de som “veda” um canal de áudio. E transportando isso para o DJing de clube, temos vários knobs nos mixers, “vedando” elementos do áudio (o canal em si é “vedado” com faders – retangulares – em vez de knobs – redondos).

Então na verdade “carrapetas” se referem aos botõezinhos do mixer  em vez das picapes, né?

Pois é, essa explicação e analogia me convenceram do porque falamos que os DJs assumem as carrapetas. É vivendo e aprendendo! :)

Créditos ao DJ Adriano Roveri que comentou sobre o assunto e ao DJ Raul Vax pelo comentário da mesa de som!

Leonel Fraga de Oliveira Leonel Fraga de Oliveira é formado em Processamento de Dados na Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC-SP - 2002) e anteriormente em Técnico em Eletrônica, pela ETE Professor Aprígio Gonzaga (lá em 1999).
Atualmente trabalha como Analista de Sistemas na Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul - SP
Tem como hobbies DJing (também trabalha como DJ freelancer) e ciclismo, além da manutenção dos sites NeoMatrix Light e NeoMatrix Tech.
Gosta de música eletrônica, tecnologia, cinema (super fã de Jornada nas Estrelas), gastronomia e outras coisas mais.


Compartilhe nas redes sociais

   

Deixe seu comentário

comments powered by Disqus

Arquivo de Postagens