Como você demonstra seus sentimentos?
Leonel Fraga de Oliveira 05/03/2011 11:19

Olá meu(minha) querido(a)! Como você vai passar o Carnaval? Eu pelo menos pretendo ficar aqui em Sampa mesmo, já que com esse tempinho chuvoso não dá vontade de descer para a praia. Aproveitar os 4 dias e meio em casa para relaxar, trabalhar um pouco, fazer novos DJ sets, e mais.

Qualquer um que me conheça pessoalmente sabe (ou percebe) que sou uma pessoa tímida. Mas digo que essa timidez meio que some quando me dão abertura para falar o que penso ou no momento em que me sinto mais à vontade em um grupo. Creio eu que seja mais em um contato inicial com outras pessoas mesmo.
Costumo pensar que pelo menos no campo profissional “compenso” esta característica com eficiência e eficácia técnica. Como trabalho com TI e gosto mais de programar (é, mexer com código mesmo) esta função é a que mais se adequa à minha personalidade. Sei que apenas isto não é o suficiente e estou melhorando. De uns seis anos para cá a melhora foi excepcional. Eu era BEM “pior” do que sou hoje hehe.

No campo pessoal, eu separo o grau de timidez em duas “vertentes”, digamos assim: para fazer amigos e para relacionamentos amorosos.

No primeiro não tenho muitas dificuldades. É a apresentação, conversa vai, conversa vem, cada vez você vai se abrindo mais com a outra pessoa e no final não percebe, mas acabou fazendo um amigo.

Agora, no segundo é que a coisa aperta um pouco. A demonstração de sentimentos mais intensos depende da abertura que a pessoa me dá para isso. Confesso que sou meio “desligado” de sinais sutis, minha interpretação deles é um tanto falha. E quando percebo, cadê a coragem de falar o que se deve e não ligar para um possível “toco”?

Se a outra pessoa demonstra explicitamente que está interessada em mim meu feedback é imediato (tá, tem um pequeno delay entre ação e reação hehe). Com o “durante” o relacionamento não tenho dificuldades, o problema está no evento “para iniciar”!

A intenção de um relacionamento é complicada, pois você acaba criando muitas expectativas em cima de algo que está apenas no campo das idéias. E como ouvi um dia desses no Estádio 97, “a expectativa é a mãe da mer**”.
Explico: Ao criar muitas expectativas tende-se à fazer as coisas por impulso, sem pensar nas consequências.

Opa, pera ae… e desde quando a razão manda nos sentimentos?

É meu leitor… por conta da minha personalidade penso meio que racionalmente nisso, pensando em N variáveis para uma determinada ação a ser tomada. São loops, if…else que dá um nó na nossa cabeça!

Os sentimentos podem ser demonstrados de muitas maneiras, sendo com uma atitude mais direta, por exemplo, falar que gosta da pessoa; ou de uma forma indireta, com pequenas atitudes que para o outro pode passar despercebido mas que para você tem muito significado.

Muitos dizem que eu deveria ser mais “cafajeste” em vez de romântico. Digo uma coisa: Para eu me tornar “cafa” é necessário pelo menos umas 3 gerações… Para mim mulher não é um objeto. Não quero ser apenas um número na vida de alguém, e sim ser O CARA na vida de um alguém.
Embora sofra um pouco com isso ainda acredito no romantismo. Pô, prefiro UM relacionamento DE VERDADE em vez de vários superficiais, que duram desde poucas horas numa balada e nunca nais ver a pessoa, ou que duram poucos meses. Sexo, beijo, essas coisas? Por isso pode-se pagar, se for apenas sexo por sexo. Por isso não ligo tanto para isso.

Agora, um amor verdadeiro JAMAIS poderá ser comprado. Isso deve ser CONQUISTADO, mesmo que seja demorado, que tenha muitos desencontros, e com pequenas atitudes que podem fazer a diferença no final. E o resultado é bem… altamente edificante ;)

Um abraço!

Leonel Fraga de Oliveira Leonel Fraga de Oliveira é formado em Processamento de Dados na Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC-SP - 2002) e anteriormente em Técnico em Eletrônica, pela ETE Professor Aprígio Gonzaga (lá em 1999).
Atualmente trabalha como Analista de Sistemas na Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul - SP
Tem como hobbies DJing (também trabalha como DJ freelancer) e ciclismo, além da manutenção dos sites NeoMatrix Light e NeoMatrix Tech.
Gosta de música eletrônica, tecnologia, cinema (super fã de Jornada nas Estrelas), gastronomia e outras coisas mais.


Compartilhe nas redes sociais

   

Deixe seu comentário

comments powered by Disqus

Arquivo de Postagens