A Felicidade e o sofrimento dependem de nós.
Leonel Fraga de Oliveira 20/12/2010 21:15

Vou transcrever aqui a palestra que fiz na Igreja Tenrikyo São Paulo Shinyu, no dia 21/11/2010.

Quero começar as minhas palavras com o sétimo verso do Hino 10 que resume o que vou dizer durante a explanação:

“O sofrimento vem do nosso espírito, deve ter raiva de si mesmo” (PT).
“Nangi suru nomo kokoro kara, Wagami urami de aru hodoni” (JP).

Durante a vida passamos por várias situações que por menores que sejam, causam grande modificação no nosso espírito. Posso dar como exemplo uma situação onde estamos com muito bom humor e de repente, com uma simples palavra de outra pessoa, passamos a ter mau humor.

O que causou o mau humor? Será que essa pessoa que nos disse algumas palavras teve a intenção de colocar a pessoa para baixo?

Vamos supor que a pessoa venha com boas intenções, e neste caso, o SEU mau humor foi criado por VOCÊ mesmo que de alguma maneira interpretou mal as palavras. E sabemos que mau humor causa sofrimento, seja para você quanto para as pessoas próximas, e é correto dizer que estamos plantando uma semente com as nossas ações feitas com esse mau humor.

E como sabemos também, as sementes que são plantadas são colhidas, sejam elas boas ou ruins. Vamos ainda nos manter no caso do mau humor: você vai acabar falando palavras ásperas para outro, o outro vai ficar com uma má impressão de você, e algum dia depois você pode precisar dessa outra pessoa, mas como ela tem uma má impressão vai pensar duas vezes antes de ajudá-lo. Viu como Deus não falha, ele disse bem que uma semente plantada VAI ser colhida e não importa quanto tempo demore para acontecer!

Muitas vezes queremos entender por que sofremos tanto. Seja sofrimento no aspecto familiar, profissional, amoroso, entre outros, queremos saber o motivo que leva ao sofrimento.

A Tenrikyo nos ensina o conceito da Predestinação, que é carregada por todas as nossas vidas, seja a atual ou as passadas. Então de alguma forma nosso espírito (a nossa vida “atual”) recebe essa predestinação e com ela algum sofrimento que plantamos no passado. Esse é aquele caso onde uma semente plantada demorará muito tempo, até mais de uma geração, para ser colhida.

Um dia, após a missa mensal da igreja, durante a confraternização alguém lançou o tema “você gostaria de saber sobre suas vidas passadas?”. Me lembro que quase todos não queriam saber sobre as vidas passadas, mas para variar eu fui do contra: quero sim saber alguma coisa dela. O motivo? Saber por qual motivo eu sofro tanto com um determinado aspecto da minha vida, saber qual semente má que plantei e que estou colhendo agora.

E se você foi uma pessoa ruim no passado? Bem, esse é um risco de saber a verdade, não é? Como dizem, na vida sempre corremos riscos.

Refletindo melhor sobre o assunto, lembrei-me do verso do Hino 10 que citei no início da palestra. O sofrimento vem do MEU espírito, e se eu “treiná-lo” para transformar as coisas ruins em coisas boas Deus fará com que o sofrimento possa diminuir, e os sofrimentos “diminuídos” em nenhum.

Devemos mais do que nunca transformar os nós em brotos e ter a meta da nossa vida em Deus, fazendo mais contentes as pessoas ao nosso redor, independente de seus problemas. Com isso vamos acumular mais e mais experiências.

Com essas experiências acumuladas iremos modificar a nossa predestinação, cortando aquelas más que deixamos nas nossas vidas passadas para que a próxima geração possa viver melhor.

Vamos viver com mais alegria, colocar mais felicidade no nosso espírito. Sei que isso é muito difícil, mas vamos tentar, né!

Leonel Fraga de Oliveira Leonel Fraga de Oliveira é formado em Processamento de Dados na Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC-SP - 2002) e anteriormente em Técnico em Eletrônica, pela ETE Professor Aprígio Gonzaga (lá em 1999).
Atualmente trabalha como Analista de Sistemas na Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul - SP
Tem como hobbies DJing (também trabalha como DJ freelancer) e ciclismo, além da manutenção dos sites NeoMatrix Light e NeoMatrix Tech.
Gosta de música eletrônica, tecnologia, cinema (super fã de Jornada nas Estrelas), gastronomia e outras coisas mais.


Compartilhe nas redes sociais

   

Deixe seu comentário

comments powered by Disqus

Arquivo de Postagens