Aviso aos navegantes:

Este post não vai ter NADA de politicamente correto. A paixão clubística nele estará a mil por hora, os termos utilizados serão pesados, usarei e muito termos depreciativos à qualquer agremiação e/ou entidade que não seja o SPFC onde for cabível. Sim, estarei mostrando o meu lado torcedor aqui. Nos blogs de torcedores de outros times nos chamam de bambis e outros adjetivos, estão felizes pelo acontecido e tal. Por que não posso xingar também? Se você se sentir ofendido (= torcer para outro clube que não o SPFC), por favor, tem outros posts mais interessantes para ler aqui :) .

Dito isto, vamos ao que interessa.

O dia de ontem, 16/06/2010 foi um dia triste para nós são-paulinos. Foi quando o site da CBF, Casa Bandida do Futebol, publicou nota oficial excluíndo o Estádio do Morumbi da Copa do Mundo no Brasil, em 2014. Segue nota:

Não foram entregues ao Comitê Organizador Local da Copa do Mundo 2014 (COL), por parte do Comitê da Cidade de São Paulo, as garantias financeiras referentes ao projeto do Estádio do Morumbi aprovado pelo COL/FIFA no dia 14 de maio de 2010.

O Comitê da Cidade de São Paulo enviou ao COL um sexto projeto, que não será examinado.

Sendo assim, fica excluído do projeto da Copa do Mundo de 2014 o Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi.

Estádio do Morumbi.

Alguém aí acredita que as razões para a exclusão do Morumbi sejam técnicas? Se for, isso é pura conversa para boi dormir. A razão, que está mais do que óbvia, é puramente política.

Política sim. Os dirigentes do SPFC não se bicam com o Clube dos Treze, e também com a Casa Bandida, governada pelo Imperador Ricardo Teixeira, conhecido também por Barão de Munchausen.

E quer queira, quer não, a Gambazada está só de olho nisso tudo. Por que vocês acham que o Malandrez Sanches está lado a lado com Munchausen lá na África?

Desde que o SPFC quis cumprir a Lei dando apenas 10% dos ingressos de direito à torcida visitante em jogos mandados pelo SPFC no Morumbi nossa vida tem sido um inferno. Estavam nos tachando de arrogantes e o caralho a quatro. Principalmente a Gambazada da Marginal S/N.

Sim, a Gambazada, cujo presidente está beijando as mãos do Barão de Munchausen para ganhar um estádio novinho, de mão beijada.

A torcida do time da Marginal S/N (a Lusa também é da Marginal Tietê, mas tem estádio e tem número hehe) foi a mais ativa em uma campanha pela exclusão do Morumbi da Copa. Os torcedores do Guarani da Turiassu (mais conhecidos como Traffic/Palmeiras) também entraram na onda, mas com menor intensidade, tanto é que eles já tem o Pinga Mijo, ops, Parque Antárctica e que será reformado. Sem dinheiro público, vamos frisar.

É, caros Gambás. Vocês conseguiram.

A Casa Bandida foi dando o golpe de misericórdia aos poucos: Embora o SPFC tenha votado contra a chapa apoiada por Munchausen no Clube dos Treze, a CBF deu a tão falada e motivo de muitas discussões e enrolações Taça das Bolinhas ao São Paulo (considerado o primeiro Penta campeão Brasileiro, além de ser o primeiro que o ganhou por três vezes consecutivas). Abrindo um parêntese: Munchausen fez isso para se vingar do Flamengo (com o Brasileiro do ano passado, Flamengo é Penta), que também votou contra chapa apoiada pela CBF. Mas acho que tanto a diretoria quanto os torcedores do SPFC, além da imprensa sabiam que o preço ia sair caro demais, eles só estavam esperando o momento certo de dar o xeque-mate.

E o fanfarrão do Roque Citadini, mais conhecido como Roc C1t, dono de inúmeros Castelos de Areia, padrinho do lunático Paulinho do Blog do Paulinho que vivia descendo o cacete no Morumba?

E não vamos esquecer, caro Roc C1t, que o senhor foi citado na operação Castelo de Areia da PF, em que é acusado de se locupletar de propina de algumas construtoras, inclusive a Camargo Correia, que orçou a reforma do Morumbi em torno de 630 milhões de Reais.

E claro, o SPFC se recusou a fazer tal reforma e apresentou outro projeto cujo valor estava estimado em 1/3 disso. Quem em sã consciência, sabendo que estamos no Brasil, onde a grana está difícil, assumiria uma dívida de 630 milhoes com o intuito maior de sediar apenas 1 mês de Copa?

Esta foi a gota d’água para que o Morumbi fosse excluído da Copa.

Vendo que a bandidagem não teria como se locupletar desta reforma, trataram de limar o Morumbi e colocar o Plano B (mas acho que na verdade sempre foi o Plano A mesmo) em ação: o de construir uma nova arena em São Paulo.

Uma nova arena, provavelmente envolvendo dinheiro público (não interessa quanto), provavelmente superfaturada (estamos no Brasil, lembra-se?), enfim, a fonte de locupletação de muitas pessoas.

E qual é o time quase centenário da cidade de São Paulo e que ainda não tem um estádio? Nem uma Libertadores eles tem, e o “mundial” que eles ganharam não passa de um torneio de verão.

Eles falam que vão construir com recursos privados e tal, mas e a origem deste dinheiro? O xarope do Paulinho diz que é da Máfia Russa, vai ter o aval do José Dirceu e mais.

Os rivais falam que o Morumbi foi construído com dinheiro público, Laudo Natel e mimimi, e um fanfarrão de uma ONG aí quer que ele seja devolvido ao povo. E este fanfarrão é gambá. Porém eu esqueci o nome dele e estou com preguiça de googlar hehehe.
Update 04/06/2013 (faltando pouco para completar 3 anos depois!): O nome do safado é Sérgio Orlando Santoro, presidente do Movimento Morumbi Total.

Provavelmente o estádio da Gambazada vai ser sim construído com dinheiro público. Agora só falta definir se vai ser em Itaquera, Pirituba, Vila Maria ou até mesmo em Guarulhos, em um terreno entre as pistas da Rodovia Ayrton Senna.

Então dinheiro público para construir estádio para o CUrinthas vai poder, né?

Como disse o Sombra do Estádio 97, ter opiniões firmes tem as suas consequências. A opinião do SPFC é a de não se juntar a esta bandidagem assim como os gambás fizeram. Estamos pagando o preço por não sermos coniventes com a corrupção que assola o futebol nacional.

Que venha o Gambazão, e que com o dinheiro que não vamos investir na Copa, iremos fazer times vencedores, e passar o carro no timeco da Marginal na casa deles. Eles vão ter o estádio sim, mas Libertadores e Mundial, a gambazada NUNCA VIU!!!

Pronto, desabafo feito, vamos voltar à nossa programação normal :D

Um abraço!