Pensamento: Qual a sensação de ouvir música em modo Shuffle?
Leonel Fraga de Oliveira 09/05/2009 13:14

Você gosta de música, certo?

Eu pelo menos adoro ouvir música. Ouço variados estilos musicais, seja música eletrônica, rock, MPB, Pop, World Music, entre outros, só detestando mesmo Pagode, esses sertanejos atuais (classificados por mim como “música de corno”) e “funk” (entre aspas mesmo, pois Mestre James Brown não tem nada a ver com isso) carioca.

De resto, desde Psytrance a 140 BPM até Banda Calypso eu encaro numa boa hehe.

E minha playlist até que é cheia, com cerca de 4 mil músicas de estilos bem variados.

Você já conseguiu ouvir a sua playlist INTEIRA? Eu mesmo ainda não ouvi tudo, nem sei como mensurar o quanto falta ouvir ainda.

Alguns trechos dela eu já decorei, sabendo qual a próxima música a ser tocada, qual a ordem de grandeza de seu número na playlist do Winamp, e essas coisas. Mas ultimamente eu tenho ouvido essa mesma playlist, com algumas músicas no celular e em um pendrive que ouço no carro, no modo Shuffle, ou seja, ouvindo aleatoriamente.

Mas você pode perguntar: “E o kiko?” hehehe :P

Acompanhem o raciocínio:

Mapa Mental

Ouvindo sequencialmente as músicas, pelo menos eu tenho aquela sensação de coisa previsível, uma coisa meio que enjoativa, embora eu ouça a mesma música várias vezes por gostar muito dela,  sempre ficamos naquela expectativa de querer algo diferente.

Enquanto ouvindo em modo aleatório, principalmente quando se tem uma lista de músicas grande e com rítmos musicais bem sortidos, e ainda somando-se àquelas que baixamos porém nunca ouvimos ou ouvimos muito pouco, eu sinto a sensação de uma surpresa a cada mudança de faixa.

Sabe aquela sensação de você estar ouvindo um som pela primeira vez e se apaixonando por ele? Exatamente assim.

Principalmente quando há a alternância de rítmos.

Conversando com algumas pessoas, elas me falaram que não conseguem ficar escutando um determinado rítmo por um período muito longo.

Coisas muito repetitivas cansam, e esta “quebra” proporciona um gás novo. A sensação é de sair da motonia e de descobrir uma coisa nova a cada play.

E você, como ouve as suas músicas?

Um abraço!

Leonel Fraga de Oliveira Leonel Fraga de Oliveira é formado em Processamento de Dados na Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC-SP - 2002) e anteriormente em Técnico em Eletrônica, pela ETE Professor Aprígio Gonzaga (lá em 1999).
Atualmente trabalha como Analista de Sistemas na Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul - SP
Tem como hobbies DJing (também trabalha como DJ freelancer) e ciclismo, além da manutenção dos sites NeoMatrix Light e NeoMatrix Tech.
Gosta de música eletrônica, tecnologia, cinema (super fã de Jornada nas Estrelas), gastronomia e outras coisas mais.


Compartilhe nas redes sociais

   

Deixe seu comentário

comments powered by Disqus

Arquivo de Postagens